Lucifer | 3×14 – My Brother’s Keeper

Mais um episódio para comprovar a eficácia de que Lucifer é uma série bem escrita sim. E estamos amando o fato desta temporada poder misturar tão bem elementos diversos no seu enredo e continuar seguindo o curso de um plot principal, além de divertir e nos deixar apegados com todos os personagens.

O caso do dia é um assassinato no qual o irmão mais velho da Ella está envolvido. Ao contrário do irmão mais novo da nossa especialista forense, o cara é famoso e tem uma carreira brilhante, pois sabe especificamente analisar diamantes de uma forma linda. Mas acontece um roubo seguido de assassinato e Jay é o principal suspeito. Decker e Lucifer começam a investigar o caso e pedem para que Ella se afaste por conta de seu envolvimento pessoal. Porém, Ella paga de carente com Maze e pede para que, juntas, elas possam encontrar o seu irmão e resolverem todo o mal-entendido do caso.

Chloe passa o caso inteiro preocupada com Ella e, consequentemente, com Lucifer, que acabou de brigar com Amenadiel e não ajuda muito. Mas Decker consegue descobrir toda a verdade e ainda pede para que deixem o fator de ter um irmão de lado, já que ela é filha única. Achei fofo demais a Ella fazer de tudo para provar a inocência do irmão, até quando todas as evidências apontavam para que ele fosse o culpado. Outra coisa importante a lembrar é que Chloe deu uma chance de ouvir a amiga também e passou a observar o caso do seu ponto de vista. Isso sim é que é prova de amizade e de que Decker está evoluindo suas habilidades na polícia, afinal foi assim que resolveram o caso e encontraram o homem que tentava incriminar Jay por tudo.

Ao mesmo tempo que tudo isso ocorreu, Lucifer finalmente se depara com a marca de Caim – que, segundo Marcus, é uma tatuagem eterna que Deus colocou nele. Ainda tentando ajudar Pierce, Lucy ouve do mesmo que é a marca que o torna imortal. Lucifer pede que Amenadiel lhe faça um favor por serem irmãos e se decepciona bastante ao ouvir um não definitivo dele – ao ponto de ficar receoso durante todo o caso que tentou resolver com Chloe. Mais tarde, Caim encontra Amenadiel na Lux e os dois começam a brigar. Um detalhe a ser observado aqui é a reação de surpresa do ex-anjo quando Caim ressuscita do tiro que levou, ou seja, se ele não sabia das consequências da marca, entrou numa briga que realmente não pode vencer.

Ainda sobre os irmãos do episódio, Amenadiel e Marcus desistem da briga após destruir toda a Lux praticamente. E depois, Lucifer firma mais uma vez seu ponto de querer dar o troco em Deus com sua aliança com Caim, mesmo que para tal ele tenha que tirar Amenadiel do seu caminho. Já os irmãos Lopez tiveram um final diferente, pois Jay acabou voltando para roubar os diamantes, mesmo depois de tudo ser resolvido com a polícia. E para proteger Ella da verdade, Lucy faz uma intervenção na qual algo demoníaco ressurge, e este é um dos pontos altos do episódio. Se iremos rever a face demoníaca do anjo? Espero que sim!