DC’s Legends of Tomorrow | 2×13 – Land of the Lost

Com o final do episódio passado, quando Rip dá seus comando para Gideon, podíamos até imaginar que muita coisa ruim aconteceria com as nossas Lendas, porém decidiram ir para outro caminho em Land of the Lost.

A parte mais fraca do episódio foi o grupo em que Ray, Amaya e Nate estavam. Para o desenrolar da história este núcleo não tinha nada a acrescentar, a não ser para mostrar Ray mais uma vez fazendo piadinhas sem graça de quando habitava no período Cretáceo logo no início desta temporada. Porém, mesmo sendo fraco, o desenvolvimento do casal Amaya e Nate continua leve, fluindo e bom de se ver. Agora que Nate sabe do futuro de Amaya e de sua linhagem, vai ser curioso saber o que ocorrerá com esse casal que, das duas uma: ou Nate se separará da Vixen ou ele ficará com ela no futuro, nos revelando que é um antepassado de Mary e que no “futuro” tudo aquilo era mesmo para acontecer.

Já o núcleo que envolvia Sara e Jax foi muito bem trabalhado e construído. Principalmente as cenas de ação, que praticamente foram todas lideradas por Sara e sua versão maligna e empolgavam ao ver. Quando querem tratar de ação em Legends of Tomorrow, sempre que colocam Sara para protagonizar os atos, nunca decepciona.

Ver as versões criadas e plantadas na cabeça do Rip deu um novo ar para série, que estava focada só na Legião do Mal e que nem uma luta direito tinha. Sara e Jax podendo lutar com toda sua capacidade (mesmo que ele não esteja em forma de Nuclear), só suas versões do mal mesmo poderiam nos propiciar isso.

A resolução de que na mente do Capitão Hunter estava tudo ao contrário e que tinha medo das Lendas que ele mesmo recrutara, além de Gideon estar lá para protegê-lo, foi bem feita até a parte em que ele acorda e volta a si. É notável que o Capitão se lembre de tudo e que agirá agora de uma nova forma com os tripulantes da nave. Espero que não tenhamos mais um Rip igual da primeira temporada, egocêntrico e chato. Só vale lembrar que agora temos um novo casal para shippar: Rip e Gideon. Por que não podemos ver um amor entre uma pessoa e uma nave? #Ripeon

Com um episódio mais dinâmico e interessante, DC’s Legends of Tomorrow faz uma história que relembra o que já vimos na primeira parte da segunda temporada em nível de qualidade, ação e desenvolvimento de personagem, além de ter uma melhora em relação aos episódios da segunda parte desta mesma temporada.