Especial Dia dos Avós

O dia até pode ser deles, mas, como sempre, quem ganha o presente somos nós. Hoje, 26 de julho, comemora-se o Dia dos Avós, data que carrega consigo um grande significado para todos aqueles que possuem o privilégio desta companhia. E para comemorar, nós preparamos uma eclética lista citando alguns dos melhores filmes que retratam um pouquinho disso. Então pegue a pipoca, escolha o título e retribua um pouco de todo esse amor incondicional.

 

Um Amor de Vizinha (2014)

No longa, Michael Douglas interpreta Oren, um senhor arrogante e rabugento que é surpreendido com a chegada imprevista de sua neta. Forçado a cuidar da menina por um tempo, o homem que não possui nenhum vínculo com a criança encontra auxílio na vizinha Leah (Diane Keaton), uma mulher carinhosa que aos poucos conquista não só o amor da criança, como o do vizinho, que aprende o que é amar novamente, despertando para a vida um coração infeliz. A história revela que a felicidade está mais perto do que se imagina, comprovando que nunca é tarde para voltar a amar.

 

Um Senhor Estagiário (2015)

Na trama, Jules Ostin (Anne Hathaway) é uma jovem executiva que não consegue conciliar a vida profissional com a pessoal. A empresa que ela comanda passa a contratar novos estagiários que estão na terceira idade, com isso, Ben Whittaker (Robert De Niro), um senhor cansado da aposentadoria, encontra a oportunidade que esperava para regressar ao mercado de trabalho. Relutante com a ideia, a jovem mulher passa a conviver com seu senhor estagiário e aos poucos descobre o quanto pode aprender com toda sua sabedoria, despertando uma amizade que gradativamente se revela uma relação de pai e filha. O filme demonstra que a idade é apenas um número, expondo a disposição, o comprometimento e os ensinamentos que um senhor pode trazer.

 

Última Viagem a Vegas (2013)

O enredo conta a história de Billy (Michael Douglas), Paddy (Robert De Niro), Archie (Morgan Freeman) e Sam (Kevin Kline) ao trazer quatro amigos de infância que estão na casa dos 70 anos e que buscam reviver os dias de glória. Assim, eles partem para Las Vegas com o desejo de celebrar o fim do solteirismo do ainda boêmio Billy, coroa fanfarão que irá se casar com uma mulher com metade da sua idade. Com o passar dos dias, o grupo que vive como se não houvesse amanhã passa a atrair situações hilárias, experimentando todas as verdadeiras loucuras que a cidade oferece. Mas esse clima de festa muda quando a disputa por uma mulher desperta velhas feridas do passado, colocando em prova a amizade de longa data dos amigos. Com uma história interessante, o filme carrega a mensagem de que o corpo envelhece, no entanto, a mente não.

 

Uma Família em Apuros (2012)

Provando que nem sempre nascem prontos para o papel, Billy Crystal e Bette Midler atuam como Artie e Diane Decker, casal de avós que, ao se ver sem opção, precisa cuidar dos netos enquanto os pais se ausentam por uns dias. Despreparados para executar os métodos de educação modernos e surpresos com as regras que excluem punição e diversão, esses dois aproveitam o tempo para aplicar antigos modos de ensino às crianças, ensinando que o clássico ainda pode funcionar. Mas quando a situação foge do controle, os avós não sabem se conquistaram o amor dos netos ou se, no processo, perderam o da filha. Essa comédia garante bons risos, despertando de forma sutil situações que demonstram como é difícil ser criança com o excesso de regras hoje em dia, levantando a questão de que o arcaico misturado com o novo é de fato mais produtivo.

 

Tirando o Atraso (2016)

Já neste filme, os papéis estão invertidos! Zac Efron encarna um advogado certinho, enquanto que o avô, viúvo há apenas um dia, pensa somente em aproveitar a solteirice. O rapaz sendo um bom moço, é manipulado para ir até a Flórida de carro com o avô, mas fica chocado ao descobrir que o suposto senhorzinho na verdade induziu a viagem apenas para poder flertar e se divertir com jovens moças. Espantado com toda essa caretice, o homem faz com que o neto perceba que só se vive uma vez, levando-o para dentro de uma vida de folia. Após embarcarem juntos nessa experiência, uma conexão até então imprevista é despertada entre os dois. Assistindo do começo ao fim, notamos que a narrativa acerta ao brincar com o impensável, revelando um cenário onde o antiquado implementa e exerce o oposto.

 

Cartas para Julieta (2010)

Neste romance percebemos o quanto coração de vó é grande. No enredo, Sophie (Amanda Seyfried) é uma mulher que viaja até a linda cidade de Verona na companhia do noivo. Certo dia, caminhando sozinha em um de seus passeios, a moça visita um muro onde pessoas desiludidas com o amor depositam cartas na esperança de terem as preces atendidas. Ao encontrar uma que data de 1957, ela imediatamente fica curiosa para descobrir o desfecho da história perdida. Decidida, Sophie responde ao remetente sem imaginar que de fato algum dia descobriria. Porém, ao receber a réplica, Claire se vê inspirada pelas palavras lidas e sai de Londres, na companhia do neto, para buscar o amor de sua vida. Com um nome comum e perdido há muitos anos, Lorenzo não é encontrado. Mas com ajuda do neto e de Sophie, a senhora começa a desvendar cada parte do destino. Com uma trajetória tocante, o filme faz com que o espectador se apegue emocionalmente a ela. Acompanhamos uma avó que enfrenta toda essa jornada ao lado do neto, que a trata como uma mãe, e ainda percebemos que em seu coração ela vai abrigando cada vez mais a Sophie.

 

Duplex (2003)

Com Ben Stiller no elenco, é claro que essa história traz humor do começo ao fim. Nela conferimos Alex e Nancy, jovens recém-casados que procuram o apartamento dos sonhos na tão requerida Nova York. Descontentes com o tamanho dos imóveis que têm visitado, eles por acaso encontram o local dos sonhos, um bonito e grande duplex. Tudo está correndo perfeitamente bem, porém, para a infelicidade do casal, eles descobrem que uma inocente senhora ocupa e vive há muitos anos no andar de cima. Vendida como tendo uma saúde frágil e debilitada, os pombinhos decidem alugar o imóvel, mas com a “esperança” de que a adoentada mulher embarque dessa para uma melhor o quanto antes. No entanto, logo após efetuarem a mudança, Alex e Nancy descobrem que a frágil senhorinha na verdade está vendendo vitalidade e que, aos poucos, fará de tudo para atormentá-los, tornando a vida dos dois um verdadeiro inferno.

 

A Proposta (2009)

Sandra Bullock e Ryan Reynolds podem até se destacar nesta comédia, mas verdade seja dita: este filme não seria nada sem a atuação da talentosa Betty Whitty. Em A Proposta, Margaret é uma poderosa executiva que corre o risco de ser deportada para o Canadá a qualquer momento. Obstinada a permanecer em Nova York, ela então arquiteta um plano onde diz estar noiva de Andrew, seu aflito assistente. Disposto a ajudá-la, o jovem que deseja vingança contra todos os maus tratos sofridos, impõe algumas condições, na qual uma delas será se casar no Alasca para conhecer e conviver com sua excêntrica família. Decidida a seguir com o plano, ela se submete às condições impostas pelo rapaz, encarando o fato de que para conseguir o casamento terá que enfrentar um grande desafio ao lado da avó de Andrew.

 

A Visita (2015)

Agora se sua avó ou avô gostam de conferir um terror, esse aqui carrega acontecimentos brutais. Adentrando em um lado mais mórbido deste perfil, o diretor M. Night Shyamalan desenvolveu esse terror psicológico ao trazer para a narrativa um casal de avós, considerado até certo ponto, um tanto alterados. Com o intuito de conhecer os pais da mãe, descobertos recentemente, uma adolescente viaja com o irmão mais novo até uma distante fazenda situada na Pensilvânia, onde reside o casal de idosos. Entretanto, ao chegarem lá, ela e o irmão passam a viver situações perturbadoras, levantando a dúvida se os avós estão possuídos ou se são apenas adoidados. Com um desfecho incômodo, este título se mostra muito sombrio.

 

Tammy (2014)

Voltando para o mundo hilário, este roteiro apresenta a vida de uma mulher sem sorte. Após ter o carro destruído, ser demitida e ainda descobrir que foi traída, Tammy (Melissa McCarthy) quer pegar o carro da avó emprestado para cair na estrada. Acontece que para ceder o veículo, a senhora exige que a neta a leve com ela. Sem outra opção no momento, a moça aceita o termo determinado e embarca nessa aventura com uma avó desbocada e alcoólatra. Na missão de autoconhecimento, as duas descobrem mais sobre si, enquanto se envolvem em episódios inéditos.

 

O Diário da Princesa (2001)

Agora se sua avó gosta de filmes parecidos com os contos da Disney, este é para ela. Mia Thermopolis (Anne Hathaway) é uma adolescente básica e tímida que do dia para a noite descobre ser uma princesa de verdade. Sem saber dessa parte de sua história, ela embarca com a avó para um vilarejo europeu onde irá ter lições com a fina senhora, aprendendo tudo o que precisa para se tornar uma herdeira digna. Com o tempo, a rainha Clarisse Renaldi (Julie Andrews) passa a conviver mais com a neta, ensinando a ela tudo o que precisa para se portar como uma verdadeira princesa.

***

BÔNUS: Vovó… Zona (2000)

Sucesso com a família toda, este é o tipo de filme que você assiste até cansar de repetir. Na comédia, Malcolm Turner (Martin Lawrence) personifica um agente durão do FBI perito em disfarces. Ao ser designado para trabalhar em uma cidade sulista, este policial precisa se disfarçar de vovó para conseguir capturar um perigoso ladrão de bancos que recentemente escapou da prisão. Mas ao assumir o papel da senhora, ele embarca em uma divertida confusão ao ter que abrigar a neta da mulher que, por coincidência, é ex-namorada do ladrão. Enquanto isso, o homem ainda precisa descobrir e investigar o paradeiro do violento malandro.

***

Independente do título escolhido, o importante mesmo é prestigiar os avós, que mimam, amam e a cada dia nos ensinam coisas novas. Assim, temos a chance de demonstrar toda essa gratidão e reconhecimento a eles. E deixe nos comentários outros filmes em que os vovôs e as vovós também se destacam! Feliz Dia dos Avós!