RuPaul’s Drag Race | 9×03 – Draggily Ever After

Nove temporadas de Drag Race já se passaram, mas ainda temos queens que vão ao programa despreparadas e não sabem costurar. Não, nenhuma drag é obrigada a saber ou ter habilidade qualquer de costurar uma roupa, mas a partir do momento em que você está num programa em que sempre tem UM desafio onde precisa-se criar algo do zero, é sim obrigatório saber pelo menos usar cola quente para fazer algo.

E assim começamos o episódio três da nona temporada, mais uma vez sem mini challenge e já sendo anunciado direto que o desafio da semana seria criar princesas de contos de fadas junto com seus parceiros, ou poderiam ser vistos como fada madrinha. Assim como os outros dois episódios do começo deste novo ano da competição, não tivemos praticamente nada, a não ser o choro de algumas bonecas que não sabiam costurar e estavam arrumando alguma desculpa por não saberem fazer.

Cynthia, a Princesa Cuculina estava bonita, porém não chamava nem um pouco a atenção. Só Brulee mesmo pela narração de sua runway (como praticamente com todas as queens, que seus personagens acompanhantes das princesas eram mais chamativos que os looks tão trabalhados). Peppermint, a Princesa do Fogo com seu acompanhante Petey, the Pilot Light, que estava realmente bonita e com um look muito bem trabalhado, porém com muita informação.

Farrah, a Princesa Pacifica e seu acompanhante Fablina, o Baiacu. Faltou originalidade para a bonita, pois era nada mais que uma Sereia Ariel bem mal feita. Charlie, a Princesa Climaxica e sua dama de companhia Isabella Snatchpacker, que estava linda, mas também, como muitas outras, não chamava a atenção. Eureka, a Princesa You-Reek-of-Daria e seu companheiro Woof-Train, uma das montagens mais engraçadas da runway desta semana e com o melhor companheiro de todas.

Alexis, a Princesa #SubwayFish e sua companhia #GirinoDoSubway, que mais uma vez não decepcionou com seus looks e estava linda e cheia de classe, mas totalmente sem graça para o desafio. Kimora, a Princesa Banana Lady e seu macaco Funky Monkey COM GRAÇA NENHUMA, e eu só pedia a RuPaul (Deus) que esse desfile terminasse.

Nina, a Princesa Zathena e a pequena Ink trouxeram uma versão totalmente diferente de princesa, puxando para o lado alienígena. Foi tudo bem montado e sua “amiguinha” totalmente engraçada com seus peitos balançando sem parar. A voz da Nina ajuda ainda mais para que tudo fique melhor. Sasha, a Princesa Uglina e Link da Insegurança não merecem nem ser comentado por não terem nada de ruim e nem nada de bom. Zero grau pra mim ta ótimo.

Shea, a Princesa Aquaria e sua fadinha gelada Moon Pearl foi tudo bem trabalhado, porém, mais uma vez, não acho que a peruca dela combina com o look. Valentina, a Princesa Vira e sua fada madrinha Netty. Mais uma vez a queen dá um show na runway e mostra a que veio. Um look bem montado, uma história bem feita e toda uma performance enquanto desfila que poucas nesta temporada têm.

Aja, a Princesa Disastah e a nuvem fumaça Damanah… E como diria Michelle Visage, o look bateu com o nome e foi um desastre. Para uma queen que disse que sabia costurar, se maquiar e tudo o que muitas ali não sabe, ela foi a pior de todas, batendo de frente com Kimora e Farrah, que não sabiam passar uma linha numa agulha. Trinity, a Princesa Aquapussy e a estrela-do-mar Stanky. Trinity vem se mostrando totalmente diferente do que imaginava no começo da temporada. Ela se compromete nos desafios que faz, consegue ser engraçada e faz looks realmente maravilhosos.

Não foi surpresa que Trinity e Valentina chegassem ao top 3 facilmente, mas ninguém esperava que Peppermint pudesse também estar entre as três melhores. Na minha graduação de oito temporadas de Drag Race e mais uma pós de duas temporadas de All Stars, Eureka merecia bem mais ter ficado entre as melhores só pelo seu rato do esgoto que foi um hino.

Kimora, Aja e Farrah, também sem muita surpresa, foram as três piores da noite. Ou por não ter entregado um look bom (o que as três fizeram) ou pelo seu companheiro totalmente apático na hora do desfile. Por fim, tivemos o lipsync entre Kimora vs Aja, o que foi muito merecido, consolidando assim a saída de Kimora, que em três episódios, sendo que em dois realmente tiveram bottom, ela esteve duas vezes e ainda não sabia a letra da música na hora de dublar. Mesmo Aja sendo um pouco “over“, ela foi realmente melhor.

No Untucked foi mostrado um momento mais fofo de Kimora, no qual aparentemente a bonita realmente gostou de participar do programa, fez amizades, mas já sentia que ia sair naquele episódio. Agora é esperar por uma melhora na temporada, pois como diria Kátia Cega, não está sendo fácil!