RuPaul’s Drag Race | 9×11 – Gayest Ball Ever

Foi isso que a gente pediu, sim. Um episódio que é bom do começo ao fim. Desde o mini challenge até a eliminação, durante os quarenta minutos do programa ele foi excelente. Foi divertido, com doses pontuais de barraco que sempre amamos ver, com looks bons e memoráveis e um lipsync que finalmente foi realmente muito bom.

O mini challenge dos puppets é um dos melhores porque “everybody loves puppets“. Sasha foi realmente a mais engraçada com o seu boneco da Trinity. Aliás, todas foram extremamente bem, exceto Alexis, que já estava fazendo hora extra no programa e só não saiu por falta de oportunidade.

Falando de Alexis, como sempre, ela quer saber de mais. Toda hora ela se mostra querendo ser superior e que seu conhecimento é maior que o dos outros, isso irrita bastante. E claro, não perde a oportunidade de falar que sua estética é melhor, mas no final acaba sendo tombada pelas suas irmãs. Felizmente, foi a última vez que teríamos que aguentar tamanha chatice.

Ultimamente quando chegamos ao Top 5 é a hora do tão esperado “Ball“. O tema deste desafio foi o “Gayest Ball Ever“, com as três categorias do desfile: um look de arco-íris devido à bandeira LGBT, um de unicórnio sexy e um baseado nos integrantes do Village People.

Mas antes de desfilarem com o look que construíram, todas deveriam fazer uma performance em conjunto, como na ginastica rítmica, coreografados por Sasha, já que a mesma havia ganho o mini challenge. É óbvio que por toda sua veia mais teatral (se assim posso dizer) ela não se sairia bem na dança para montar toda uma apresentação junto com as outras queens, e isso nos rendeu uma briguinha ótima de acompanhar.

Runway – Rainbow-She-Betta-Do

Shea foi a que mais destoava do tema entre todas as outras drags, ela não parecia um arco-íris. Apesar das tintas no seu corpo, nada podia lembrar ali que esse era o tema. Sasha estava bem colorida como o tema pedia, mas achei totalmente básico. Trinity foi meu preferido (isso pode ser pelo fato de ela ser minha favorita entre as drags), mas também é algo bem esperado da drag dela. Alexis levou o tema a ferro e fogo, mas não ficou bom não. Peppermint, por mais linda que estivesse, era uma roupa dourada com um pano de arco-íris enrolado, nada de muito surpreendente.

Runway – Sexy Unicorn

Shea era um unicórnio meio “S&M” totalmente linda. Para mim, Sasha dessa vez foi a que menos remeteu a um unicórnio sexy, era um chifre num look que nada parecia com o pedido no desafio. Alexis com seu unicórnio dourado estava belíssima, mas era bem básico e nada sexy também. Trinity era a personificação de My Little Pony e a atitude da mesma na runway foi engraçadíssima. Em termos de unicórnio, achei a dela a mais legal, diferente dos jurados que não entendi o porquê não gostaram. Peppermint estava ótima também, com um unicórnio diferente das outras e claramente muito rosa, como a mesma gosta sempre de expor sua cor favorita.

Runway – Village People Eleganza Extravaganza

Shea foi um tiro com o look do VP (Village People) no momento em que deu a primeira pisada na runway. Foi todo bem construído e muito detalhado, é aquele tipo de runway que você vai se lembrar para sempre e colocar entre os vestidos mais icônicos. Sasha era mais alta costura do que drag queen, como todos os jurados falaram. Não gostei daquela coisa toda vermelha e não me lembrava nada do VP, já que nem a cor era a mesma usada pelos caras. Alexis, de todas, era a mais mal feita. Aquele arco na cabeça… Fiquei ????? Poderia ter usado um cocar bafo, tipo a Raja na temporada 3, e ia remeter muito mais ao look pedido. Mas ela vai se gabar por trezentos anos que colou pedra por pedra só no corset e o resto foi mal feito. Trinity foi outra em que toda a montagem do look foi lindamente feita e toda bem detalhada da peruca aos pés. Cada detalhe era lindo e, no final, uma construção maravilhosa foi feita. Peppermint estava ótima também e sua performance durante o desfile foi muito bem feita, mas parecia algo “barato”, diferente de Shea, Trinity e Sasha.

Depois de Sasha muito elogiada, quem ganhou foi a Shea. Fiquei extremamente confuso pelo tanto que a drag careca havia sido tão falada, mas no final quem levou o desafio foi a colega. Óbvio que pra mim foi ótimo, já que não gosto dela, mas achei totalmente incoerente a decisão final.

Alexis e Peppermint se enfrentaram num lipsync de “Macho Man” e, felizmente, foi muito muito bom do começo ao fim, claro que por Pepper, não por Alexis. Pepper garantiu sua vaga no Top 4 e Alexis foi eliminada. Ficamos com aquele sentimento de FOI TARDE.

Semana que vem descobriremos qual será o Top 3 que vai se enfrentar na grande final e quem será a nova drag superstar.