Falando Sobre… | Dez filmes sobre aventuras espaciais

No dia 20 de julho de 1969, os astronautas Neil Armstrong, Michael Collins e Edwin Aldrin viajaram à Lua a bordo da espaçonave Apolo 11. De lá para cá, muitos filmes trataram do assunto viagem espacial e invasões alienígenas, além, claro, de muitas teorias sobre a veracidade de tal feito surgirem ano após ano. Para celebrar esta data, criamos uma lista citando alguns dos diversos filmes recentes que retratam aventuras espaciais. Embarque nesta jornada conosco e boa viagem!

 

Vida (2017)

Classificado como ficção científica e suspense, este longa poderia facilmente ser complementado com o gênero terror por deixar o espectador apreensivo a todo momento. A trama acompanha a rotina de seis cientistas que residem a bordo de uma estação espacial, tendo como principal objetivo coletar e estudar amostras do planeta Marte. Assim, após descobrirem a primeira forma de vida fora da Terra, uma célula apelidada de Calvin, a tripulação confia que irá mudar para sempre o destino da humanidade. No entanto, isso não se concretiza quando esse alienígena com inteligência acima da média começa a se desenvolver de forma macabra, exterminando todo ser que encontra pela frente.

 

Passageiros (2016)

Parece que Chris Pratt gosta mesmo de viver no espaço! A estrela de Guardiões da Galáxia atuou ao lado da graciosa Jennifer Lawrence neste filme que se passa dentro de um ônibus espacial. A história traz a possibilidade de, num futuro distante, ser comum para humanidade optar por viver fora do planeta Terra, tendo como escolha uma colônia espacial para residir. Devido ao tempo de viagem, todos os tripulantes embarcados são colocados em câmaras, na qual permanecem por mais de 90 anos aguardando chegar ao destino final. Porém, após as cápsulas de Jim Preston e Aurora apresentarem problemas técnicos, ambos são despertados muito antes do previsto, sucedendo uma busca para tentar solucionar a situação. Com o tempo, o casal desenvolve uma relação mais íntima, mas tudo é ameaçado quando notam que a nave corre um sério risco que poderia afetar a vida de todos que permanecem hibernados a bordo.

 

Perdido em Marte (2015)

Agora uma dúvida: virou moda deixar Matt Damon perdido no espaço? O galã que já foi largado para morrer em Interestelar agora foi deixado em Marte sem saber como retornar para casa. Que descaso é esse com o moço, gente! Vamos explicar um pouquinho: durante uma missão ao planeta Marte, o astronauta Mark Watney é atingido por uma tempestade e deixado para trás ao ser dado como morto por toda a tripulação. Abandonado em um planeta desprovido de recursos e com suprimentos escassos, o homem precisar utilizar de toda sua genialidade para sobreviver enquanto tenta sinalizar a NASA de que está vivo e muito, mas muito longe da Terra. Chocando a todos, ele finalmente consegue estabelecer comunicação com os responsáveis pelo equívoco, motivando uma missão de resgate classificada como impossível.

 

Gravidade (2013)

Acho melhor uma criança pensar duas vezes antes de dizer que quer ser astronauta, pois parece que essa história não dá muito certo para ninguém. Temos como exemplo mais um caso, só que dessa vez com George Clooney e Sandra Bullock. Encarando uma primeira missão no espaço, a Dra. Ryan Stone e o astronauta veterano Matt Kowalsky são surpreendidos por uma chuva de destroços consequentes da destruição de um satélite por um míssil russo, desencadeando um horrível acidente para ambos. Com grande parte da nave destruída e jogados no espaço, a dupla se vê totalmente sozinha ao não conseguir estabelecer comunicação com a NASA, gerando, consequentemente, um vínculo de total dependência um do outro. No entanto, com o passar do tempo, o pânico aumenta quando todo oxigênio vai se esgotando e, tanto ela quanto ele, terão que encontrar uma forma de resistir ao destino evidente.

 

O Espaço Entre Nós (2017)

Para sairmos um pouco desse lado dark do espaço, vamos entrar em um novo cenário ao abordar um inovador romance adolescente entre a estrela de Ender’s Game, Asa Butterfield, e a queridinha da Britt Robertson. Gardner Elliot é um menino um tanto diferente pelo fato curioso de ser a primeira pessoa nascida em Marte. Não, ele não é um E.T., acontece que a mãe do garoto descobriu que estava grávida somente após decolar para o planeta com o intuito de começar uma colonização no globo vermelho. Entretanto, ao falecer durante o parto (não é spoiler se está no trailer, gente), o jovem passa a ser criado somente por cientistas.

Considerado muito inteligente, com o tempo ele descobre a existência do Planeta Azul e, após este acontecimento, Gardner, que já está com 16 anos completos, passa a nutrir uma grande vontade de conhecer o pai biológico, até então de nome desconhecido. Contando com a ajuda de Tulsa, uma amiga virtual que vive nos Estados Unidos, o garoto acredita que irá desvendar esse mistério, mas ao ter a chance de visitar nosso planeta pela primeira vez, ele descobre que seu organismo não suporta a atmosfera da Terra, iniciando ao lado da amiga uma marcante jornada para desvendar a qual espaço pertence.

 

  Elysium (2013)

Com os brasileiros Wagner Moura e Alice Braga integrando o elenco, este filme não poderia ficar fora da nossa lista! O longa traz um enredo revolucionário por dividir a sociedade em dois grupos no ano de 2159: ricos que habitam uma estação espacial conhecida como Elysium, com tudo de ponta e saúde inabalável, à medida que os pobres, impossibilitados de pagar por uma viagem até esse novo planeta, continuam vivendo na Terra em significativo empobrecimento.

Mas isso parece mudar quando Max sofre um acidente, tendo sua sentença de morte definida. Ele, que é um cidadão da Terra, determina que viajando para lá, irá conseguir o tratamento que precisa, além de levar igualdade para o restante da população que também necessita. No entanto, Rhodes, uma secretária responsável pela segurança do “resort”, fará de tudo para preservar o estilo de vida dos ricos, ameaçando qualquer um que cruze com ela durante o caminho.

 

Interestelar (2014)

Com quase três horas de duração, o diretor Christopher Nolan consegue abordar de forma magnífica a história de como os recursos do nosso planeta Terra foram chegando ao fim. Apontado como um dos melhores filmes de 2014, Interestelar trata de temas como sacrifício, desperdício, solidão, esperança, entre muitos outros.

Em um futuro não tão distante, a Terra passa a apresentar significativos sinais de que está chegando ao fim. Ao enfrentar a falta de recursos naturais, toda a humanidade sofre com escassez de comida, doenças e ainda convive com terríveis tempestades de areia. Dessa maneira, Cooper (Matthew McConaughey), ex-piloto da NASA, precisa abandonar a família e seguir rumo ao espaço ao lado de uma equipe de exploradores na tentativa de encontrar um planeta que atenda às necessidades da raça humana, viabilizando a preservação da nossa espécie. Ao encontrarem um buraco negro, a equipe descobre a possibilidade de viajar pelo espaço e pelo tempo. Após isso, Cooper enfrenta um grande dilema entre salvar a humanidade ou retornar e perecer ao lado da família, expondo um problema que faz o espectador sofrer com o personagem.

 

Prometheus (2012)

Exibindo um show de efeitos especiais com relação a outros filmes, Prometheus causou boa impressão pela qualidade de como a história foi construída, despertando o interesse da grande maioria. Com cenas bem incômodas e expressivas, a trama traz um grupo de exploradores que, no ano de 2089, adentram o universo na tentativa de desvendar a origem da vida, despertando um debate entre crença e ciência. Com expedição patrocinada pelo rico Peter Weyland, a equipe da Dra. Elizabeth Shaw encontra um novo mundo e passa a obter respostas para perguntas que talvez se arrependa de fazer. Enfrentando os perigos do local descoberto, o grupo de cientistas ainda precisa lidar com o manipulador robô David. O filme, que termina sem um desfecho, teve uma sequência estabelecida no recente Alien: Covenant. Trama de menor sucesso, mas que levantou perguntas que também não deveriam ser respondidas.

 

Independence Day: O Ressurgimento (2016)

Com um embate entre aliens e humanos, o filme traz a sucessão dos acontecimentos pós-ataque alienígena ocorrido em 1996. Nos 20 anos que se passaram, a humanidade teve tempo de conciliar e aprender a utilizar uma tecnologia na qual não estava habituada. O problema é que nossos líderes não contavam com o fato de os extraterrestres também terem feito o mesmo, trazendo um caos ainda maior que o primeiro. Com bases construídas na Lua e em Saturno, a Terra não contava com um revide após tanto tempo. Maiores e mais fortes, os convidados indesejados demonstram que não estão de brincadeira e que farão de tudo para terminar o que começaram.

 

Apollo 18 (2011)

Se você já assistiu a este filme deve estar se perguntando o motivo de ele estar aqui, já que foi massacrado pela crítica e também pelo público. É o tipo de história que você deve assistir antes de dormir para não se decepcionar, mas a causa de eu não ter ignorado totalmente este título é o fato de ele ter levantado uma polêmica questão.

Sabe-se que a Apollo 17 foi a última missão tripulada à Lua no ano de 1972. Contudo, teorias conspiratórias indicam que no mínimo teriam existido mais três viagens Apollo após esse período, as quais duas não obtiveram sucesso enquanto outra foi mantida em total sigilo. Sem ter como comprovar esse princípio, a trama deste filme se aproveitou exatamente disso ao querer entregar uma forma de documentário para o público. (Se isso funcionou ou não já é outra história). O longa exibe o terror de dois astronautas que se depararam com a existência de vida alienígena, trazendo terror para uma viagem simples e evidenciando o motivo do homem nunca ter retornado à Lua.

***

BÔNUS: A Chegada (2016)

Como o nome diz, este longa não envolve viagens espaciais, mas sim o primeiro contato do mundo com a vida de outro planeta. Se você gosta de dar um nó na mente enquanto curte um filme, esse aqui é para você. Com um enredo inovador e cheio de mistérios, confesso que assisti esta história uma segunda vez para, enfim, compreender a trajetória da Dra. Louise Banks com o matemático Ian Donnelly. Em A Chegada, seres de outro planeta embarcam em diversos pontos da Terra, despertando curiosidade e medo na população. Para saber se os intrusos representam uma ameaça ou não, o exército convoca uma equipe com os melhores especialistas para desvendar a linguagem e o motivo deles terem chegado aqui.

***

Então é isso! É claro que esta lista poderia ser muito maior. E é claro também que muitos outros bons títulos (ou ruins) ficaram de fora. Agora é com você: deixe aí nos comentários dicas de filmes com essa temática que não estão aqui. Até a próxima!