Arrow | 6×06 – Promises Kept

Este sexto ano de Arrow vem se mostrando muito bom, mesmo com alguns problemas no meio do caminho, e Promises Kept deixou isso bem claro ao trabalhar duas ótimas histórias ao mesmo tempo. O primeiro grande ponto positivo do episódio foram as cenas de ação. O combate envolvendo o Team Arrow foi bom, sem nenhum problema, e novamente as que envolveram Slade foram acima da média (tanto em qualidade quanto em violência). Até mesmo Oliver teve seu momento de luta armado, o que serviu para lembrar um pouco que o personagem ainda existe no meio de tantos eventos nos quais ele não é o centro das atenções. Um dos destaques foi o treinamento com bastões entre Slade e Joseph, não só foi a volta de uma cena clássica da série, mas também apresentou uma intensidade muito além do que estamos acostumados e uma coreografia rápida e precisa.

Mas esse não foi o único bom momento do enredo envolvendo o Deathstroke. Todo esse enredo envolvendo seu filho foi interessante e gerou ação e drama de qualidade. Um destaque vai para a interpretação de Manu Bennett, que apresenta um Slade muito intenso, complexo e convincente. Esse foi um personagem que mudou muito ao longo de Arrow e o ator conseguiu passar tudo o que precisava ao público, independente de qual momento ele estava representando, de modo que a atuação neste episódio foi a culminação de um trabalho bem feito. Existem pedidos de um spin-off baseado no Slade, e é muito fácil imaginar isso acontecendo depois do que vimos aqui.

Enquanto isso, na outra parte da história, cada vez fica mais óbvio que o Oliver como Arqueiro Verde não é necessário para que o grupo funcione bem, e mesmo que isso não seja a melhor coisa a se dizer de um personagem principal, pelo menos podemos continuar acompanhando boas histórias mesmo em sua ausência. E falando em boa história, todo esse enredo do Diggle finalmente foi relevante para os eventos desenvolvidos no episódio. Por enquanto as consequências de suas ações foram pequenas, mas isso deve mudar logo. O novo Arqueiro ainda tem que contar a verdade para o Oliver e ainda precisa encontrar uma forma de se curar para poder ser eficaz agindo como vigilante. O ritmo com o qual estão levando esse problema está bom por enquanto, e de fato dá a impressão de que se trata de algo sério, muito diferente do que vimos acontecer com a Felicity quando ela perdeu o movimento das pernas.

Promises Kept foi um dos melhores episódios da temporada até aqui, explorou muito bem alguns dos personagens mais carismáticos da série e, no geral, executou muito bem os bons enredos que estavam sendo desenvolvidos. Faltando tão pouco para o grande crossover, é ótimo ver que Arrow conseguiu se aproveitar do que tem de bom para trazer histórias legais ao público.