PokéStop | #22 – Os iniciais de Fogo e o horóscopo chinês

Que alguns Pokémon são baseados em animais, objetos, seres mitológicos ou até na mistura deles, isso não é novidade para ninguém, e com os iniciais de cada região também não seria diferente. Mas existe uma teoria, nunca confirmada pela Pokémon Company, de que o trio inicial composto pelos tipos Água, Fogo e Grama são algo além disso e que todos eles possuem uma ligação.

Os Pokémon de Grama possuem certas características em sua “mitologia” que se ligam, assim como os de Água e os de Fogo, que é o tema desta PokéStop. Aparentemente, todos os iniciais de todas regiões desse tipo, desde Kanto a Alola (geração atual), são baseados nos animais do horóscopo chinês. Quando não são especificamente esses animais, eles são da mesma família.

Para contextualizar, segundo uma lenda chinesa antiga, vários animais foram convidados por um buda para uma festa de ano novo e foi prometido a cada um uma surpresa. Porém, de todos, só apenas doze compareceram: o boi, o tigre, o coelho, o dragão, a cobra, o cavalo, a cabra, o rato, o galo, o macaco, o cão e o porco. Quando chegou o fim da festa, os animais fizeram um juramento solene perante aos budas de que um deles estará sempre, por um dia e por uma noite, pelo mundo, pregando e convertendo, enquanto os outros ficam praticando o bem em silêncio. Assim, cada um deles ganhou seu ano.

O primeiro Pokémon inicial, que veio da região de Kanto, é o Charmander. E é claro para todos que ele é baseado em um dragão. Isso fica mais explícito quando chegamos na sua última forma, o Charizard.

O segundo é o Cyndaquil, da região de Johto. Apesar de não parecer muito, ele foi inspirado em um rato. Inclusive, na Pokédex, Cyndaquil leva o título de “Pokémon Rato de Fogo”. E se você parar para analisar bem, Typhlosion, sua última evolução, até parece um “ratão” gigante.

Em terceiro temos o Torchic, da região de Hoenn. Fica bem evidente que ele é baseado em um galo, principalmente na sua forma primária e na sua evolução, Combusken.

Chimchar, da quarta geração e da região de Sinnoh, não deixa dúvidas de que ele é baseado totalmente em um macaco. E isso fica óbvio na sua forma inicial, tanto quanto nas evoluções, Monferno e Infernape, respectivamente.

Da quinta geração e da região de Unova, temos o Tepig. Ele, assim como Chimchar, deixa claro em qual animal é baseado, no caso o Porco. Pignite e Emboar tornam isso evidente.

Já Fennekin, da sexta geração e da região de Kalos, é baseado em uma raposa. Mas como você pode ver lá no início do texto, a raposa não é um animal que faz parte dos doze que participam do horóscopo chinês. Se tivermos que pegar alguma semelhança, este Pokémon seria o cão, pois a raposa é da mesma família, a dos canídeos. Então, podemos “afirmar” que, mesmo assim, Fennekin, Braixen e Delphox são baseados no horóscopo chinês.

E por último, da sétima e atual geração, da região de Alola, o Pokémon Litten. Ele é um dos Pokémon, assim como Charmander, no qual fica aparente em sua forma final que é baseado no Tigre. Ele começa com sua aparência mais voltada a um gato, e assim que chega em sua última evolução, o Incineroar, percebemos no que é inspirado.

Além de, pela teoria, eles serem baseados em animais do horóscopo chinês, todos os iniciais do tipo Fogo chegam em sua última forma se tornando bípedes, sem nenhuma exceção, e também apresentam um fogo aparente pelo seu corpo. Como se fosse algo que não pudesse ser “ocultado”, como o fogo na cauda de Charizard ou na cabeça de Infernape, ou ainda nas vezes em que o elemento só é acendido em batalha, como o Typhlosion.

Como já se passaram sete gerações, ainda sobram cinco animais a serem inspirados no horóscopo chinês para fazer com que essa teoria ganhe mais força entre os fãs de Pokémon: o boi, o coelho, a cobra, o cavalo e a cabra. E infelizmente, ou felizmente, não há uma ordem a ser seguida, então não dá para saber qual será o novo Pokémon inicial de Fogo e em qual animal será baseado.

E você, gostou da teoria? Concorda? Se sim, qual desses próximos animais você quer ver na oitava geração? Não deixe de comentar e nos vemos na próxima PokéStop. Até lá!