PokéStop | #18 – É hora de voltar a Kanto!

Nos dias 14 e 21 de setembro de 2017, foram exibidos dois episódios de Pokémon intitulados Um Alola em Kanto! Brock e Misty! e Batalha de Ginásio! Z-Move vs Mega Evolução! (tradução literal), respectivamente, com a ida de Ash e seus amigos da região de Alola para Kanto, mais especificamente para a cidade natal do protagonista, Pallet, e Cerulean. Esses dois episódios marcam o retorno, mesmo que breve, de Brock e Misty ao anime depois de diversas temporadas sem ambos serem vistos novamente.

Para quem acompanha o anime durante esses 20 anos, os dois episódios em questão foram um balde cheio de referências e notalgia proporcionados a todo momento em suas exibições. Porém, mesmo eles tendo sido realmente muito bons, a problemática fica no tempo em que tudo é mostrado.

Em Um Alola em Kanto! Brock e Misty!, que foi o mais recheado de fan service, era tanta informação a todo momento que por mais que o desenvolvimento dele tenha sido feito de forma boa e coerente, ficou tudo muito corrido, sem dar destaque a quase nada. Aparecia cada vez mais e mais coisas que gostaríamos de ver e que já nos tinham sido apresentadas tempos atrás. Já Batalha de Ginásio! Z-Move vs Mega Evolução! foi mais contido em referências e services, sendo mais focado nas batalhas de ginásio. Isso deu um respiro melhor para que conseguíssemos enxergar com mais clareza tudo que nos era mostrado.

Quando o espectador termina de ver os episódios, fica muito satisfeito com o carinho que tudo foi feito. Ainda que a trama seja mais voltada aos fãs antigos para que matem a saudade de ver algumas coisas que já aconteceram no decorrer do anime, ela também é ótima para o público novo. Mesmo já tendo sido apresentada nesta saga de Sun e Moon, as Alola Forms foram explicadas mais uma vez: a Mega Evolução (que foi introduzida na saga de X e Y) e até Z-Moves. Então, caso não acompanhe o anime há muito tempo, também dá para ver os dois episódios sem ficar perdido nos conceitos novos apresentados ao longo do anime.

Algo ótimo a se notar é que com o novo design de Brock e Misty para Sun e Moon, e tudo o que vem sendo mostrado no anime, alguns poderiam achar que os personagens sofreriam um reboot e que muitas coisas seriam apagadas das histórias deles. Só que, aparentemente, tudo continua como foi deixado pela última vez em que os vimos.

Mas e as referências e as novidades? Elas foram diversas! Nós listamos todas aqui com imagens, caso você tenha perdido alguma. Então se ainda não viu e não quer spoiler, esteja avisado!!


Referências (ou seria “MEU FAN SERVICE ESTÁ VIVO!?)

– O motivo da viagem de Alola para Kanto é em comemoração aos 20 anos da escola em que Ash está estudando no momento. Isso faz uma clara referência aos 20 anos também que o anime completa em 2017 desde a exibição de seu primeiro episódio.

– Brock cita que é um criador Pokémon, ex-líder de ginásio e praticante um Doutor Pokémon, como já sabíamos e nos foi lembrado.

– Brock canta uma aeromoça e Misty puxa a orelha do rapaz, o afastando daquele momento. Algo que sempre víamos.

– A relação de afeto entre Misty e Pikachu.

– Misty continua sendo a atual líder do ginásio de Cerulean.

– A Equipe Rocket, disfarçada como sempre, também foi a Kanto por ordens da própria equipe em que trabalham.

– Temos a comparação do Professor Carvalho de Alola com o primeiro Professor Carvalho, de Kanto. A Rotom Dex fez uma comparação dos dois e descobriu que eles são 99% similares.

– Os Tauros do Ash foram os primeiros Pokémon “antigos” do garoto a aparecer nestes episódios.

– Em uma cena em que Kiawe corre com um Rapidash, dá para notar que esta “corrida” é uma referência à primeira abertura do anime.

– Em um momento no qual a Rotom Dex está tirando fotos de alguns Pokémon, aparece o Esquadrão Squirtle (que sabemos que o Squirtle do Ash lidera atualmente), um Charmander dormindo (na mesma posição em que o de Ash, que agora é um Charizard, aparece dormindo pela primeira vez) e um Pidgeot voando ao lado de um Pidgey e um Pidgeotto (aparentemente é o Pidgeot do Ash, que foi deixado no fim da saga de Kanto para proteger os Pidgey e Pidgeotto da região em que ficavam). Aparece também o trio fantasma, Gastly, Haunter e Gengar, nos fazendo lembrar do Haunter que o Ash teve durante um curto período tempo, no qual foi encontrado com seus parceiros e utilizado apenas para derrotar Sabrina no ginásio psíquico.

– Vemos as diferenças entre os Pokémon de Kanto e de Alola, como o tamanho dos Exeggutor, a aparência e tipagem de Geodude, de Marowak e de Muk e os cabelos do Dugtrio.

– Na cena em que Muk aparece para verem sua diferença com a da Alola Form, é o Pokémon do Ash que está ali dando aquele abraço clássico que ele sempre fazia.

– Um Caterpie aparece e Misty ainda não superou seu medo de insetos.

– Em um certo momento em que apenas Ash, Misty e Brock estavam juntos, houve lembranças de tempos antigos dos três juntos, como a despedida da Butterfree do Ash, o Vale dos Bulbasaur, Ash carregando um Larvitar e Misty com seu Togepi e quando Ash deixa seu Charizard no Vale Charisífico para treinar.

– O Bulbasaur do Ash também dá as caras, e exatamente na posição em que ficou da última vez que o vimos no anime: como um pacificador de Pokémon no laboratório do Professor Carvalho.

– Vemos a roupa clássica de Misty nos jogos Pokémon Red, Blue e Green.

– Em uma cena em que Misty e Lana estão nadando, um Totodile e um Corphish aparecem tendo um certo destaque, nos levando a acreditar que esses são os dois Pokémon aquáticos do Ash.

– Temos o lema clássico da Equipe Rocket, que há muito tempo não era utilizado…

– E James com a rosa, assim como em sua primeira aparição no anime naquele cartaz de “PROCURADOS”.

– Brock utiliza seu Crobat para batalhar e Misty usa sua Staryu.

– Jigglypuff, que também havia sumido há muito tempo, como vocês podem ler na PokéStop #14, aparece, canta, infla e desenha no rosto dos personagens.

– Jigglypuff faz um desenho de quatro estrelas na jóia que tem no meio da Staryu, fazendo referência à Dragon Ball.

– Rotom Dex diz que falta apenas UM Pokémon para ele tirar foto e completar todos de Kanto. Neste mesmo momento, Mew aparece escondido de todos. Ele é o Pokémon #151.

– Pela primeira vez, tirando especiais e filmes, Mew aparece no anime.

– O ginásio de Cerulean foi reformado e não tem mais a aparência colorida com um Dewgong na frente.

– Brock diz que seu irmão Forrest é o atual líder do ginásio de Pewter, como já havia passado anteriormente no anime.

– Misty conta que suas irmãs Daisy, Lily e Violet, as Irmãs Sensacionais ex-líderes do ginásio de Cerulean, agora vivem viajando.

– O Psyduck da Misty faz sua aparição e tem um relacionamento muito melhor com a treinadora. Agora ele também utiliza o “Jato d’Água” e tem seu momento de dor de cabeça, como víamos anteriormente no anime, que sempre lhe fazia mostrar seu real poder.

– Vemos as insígnias da Rocha e Cascata.

– Misty fala sobre Ash dizendo que ele ganhou sua insígnia por “pena”, já que a batalha entre ambos não havia sido concluída e foi interrompida pela Equipe Rocket na época.

– Ash explica sobre a conquistas de insígnias para competir na Liga Pokémon.

– Existem batalhas menores antes das principais. Lana e Mallow enfrentam Misty. Lillie e Sophocles vão contra Brock.

– O episódio tem foco principal na batalha de Kiawe contra Brock e Ash contra Misty, finalizando de vez a batalha no ginásio de Cerulean que nunca teve uma conclusão.

– Brock utiliza um Steelix e Misty usa o Gyarados. Ambos já haviam sido apresentados anteriormente com seus treinadores tempos atrás.

– Brock e Misty podem utilizar a Mega Evolução com seus Pokémon.

– Quando Brock vai utilizar a Mega Evolução, ele tira sua camiseta e seu colete e fica sem camisa, do mesmo jeito clássico de suas roupas nos jogos Red, Blue e Green. Ele ainda faz a pose na qual o encontramos para batalhar. Misty também faz a mesma pode clássica dos games ao utilizar a Mega Evolução.

– O ginásio de Cerulean pode ser alterado conforme o tipo de Pokémon. No episódio, ele fica de pedra na luta de Brock e Kiawe e, na de Ash e Misty, ele é alterado para um campo aquático.

– O Professor Kukui levou todos para Kanto, pois quer introduzir os ginásios Pokémon e a Liga em Alola, já que na região em que habita só tem os trials, assim como nos jogos Sun e Moon.

– Ash pede para Misty e Brock visitá-los em Alola. (Será que teremos mais participações deles?)

– Jigglypuff aparece na asa do avião em que Ash e os outros estão voltando para Alola.

– O episódio também faz referência aos Trainer Class, que são tipos de treinadores contra quem podemos batalhar nos jogos. Aparecem o Camper, Gentleman e Backpacker.

– Duas Pokémon Performers da saga XY & Z, Sara Lee e Concetta, que aparecem nos torneios contra Serena, são mostradas rapidamente no aeroporto e sem destaque algum.


Como já dito, para quem quer referências e nostalgia esses dois episódios são pratos recheados de momentos épicos que fazem aquecer o coração de qualquer fã Pokémon. Conforme havia saído em uma revista japonesa, a Animedia, Ash e os amigos da escola Pokémon podem visitar outras regiões como parte dos projetos escolares. Será que poderemos ver Tracey, May, Max, Dawn, Iris, Cilan, Serena, Clemont, Bonnie e os outros?

O que nos resta é esperar para mais momentos assim e torcer para que sejam tão bons quanto. Até a próxima PokéStop!