Dragon Ball Super | Ep. 125 – Majestic! Advent of the God of Destruction, Toppo!!

O episódio desta semana de Dragon Ball Super mostrou que Jiren não será o único problema para Goku e companhia vencerem o Torneio do Poder. Com os novos poderes de Toppo se igualando a um Deus da Destruição, vimos a luta pela sobrevivência do Nº 17 enquanto Freeza pagou caro por ser tão falastrão e julgar tão mal a força de seu oponente. Freeza não apanhou tanto assim nem na batalha contra Goku em Namekusei. Se o Hakai de Toppo impressionou, valeu também as estratégias de Nº 17 para usar as regras ao seu favor. Faltando cinco minutos, a situação nunca foi tão crítica, pois ninguém parece ser capaz de derrotar a dupla do Universo 11.

Logo no começo do episódio, acompanhamos a sequência da já repetitiva luta de Vegeta e Goku contra Jiren. Jiren conseguiu repelir um Final Flash com os olhos, o que deixaria o Cell com inveja. Cansados, mas sem hesitar, a dupla dos saiyajins continua tentando achar uma forma de vencer Jiren, mas, com exceção de Gohan, ninguém parece achar que isso é possível. Sabemos que isso é só enrolação e que resta esperar Goku despertar novamente o Instinto Superior para que esse cenário mude. Se rolar um retorno de Vegetto, mas pra lutar até o limite dessa vez, seria bem legal também.

Voltando à luta do episódio, temos sempre que destacar como Nº 17 foi a melhor escolha feita por Goku para esse time. Estrategista, frio e calculista, ele não perde a calma mesmo diante de um adversário plenamente superior. Com sua clássica barreira e sua energia infinita, está resistindo bravamente ao Hakaishin Toppo. Semana passada comentei como seria legal ver uma luta de Gohan contra Toppo, mas devo admitir que Nº 17 está sendo uma boa surpresa e que sair do que era esperado valeu a pena nesse caso. Já Freeza, que supostamente seria um dos mais fortes, está tendo sorte. Não fosse, novamente, o Nº 17, ele teria caído já aqui após levar uma surra épica de Toppo. Todos os seus golpes foram literalmente reduzidos a nada. E Toppo, agora intocável, não parece disposto a parar. Fica a dúvida se mesmo Vegeta ou Goku podem com ele.

Faltam cinco minutos. Mas sabemos que em Dragon Ball cinco minutos podem levar uma eternidade… E, no caso, deve levar cinco episódios. Agora não há mais espaço para quem quer se poupar e devemos ver lutar épicas com todos os guerreiros em seu limite. A arena já está destruída o suficiente, e neste cenário caótico o destino dos universos será decidido. A prévia do próximo episódio mostra que Vegeta irá ao extremo. Da última vez que isso aconteceu foi contra Majin Boo, mas será que Vegeta vai morrer ou se eliminar, como Gohan fez, para colocar Toppo para fora? E o que acontecerá com o Nº 17? Sem falar de Freeza, que vai tirar uma soneca até o fim? Muitas perguntas que só aumentam a ansiedade para a reta final de Dragon Ball Super, um anime que vai terminar em seu auge, felizmente.