PokéStop | #6 – Pokémon: O Filme (1998)

Pokémon: O Filme é o primeiro longa para os cinemas da franquia e é um dos mais icônicos e importantes para toda a saga. Além de ter ótimos momentos de batalhas e uma storyline impecável, ele nos passa uma mensagem vinda principalmente do maior vilão da história: “Agora eu vejo que as circunstâncias do nascimento de alguém são irrelevantes. É o que você faz com o dom da vida que determina quem você é“.

Mewtwo é um clone de Mew, criado puramente para ser o Pokémon mais forte e servir aos humanos, como tantos outros Pokémon. No desenrolar da história vemos um Mewtwo completamente frustrado com a raça humana e com os próprios Pokémon que servem a eles, querendo criar uma raça de super clones e dominar o mundo.

Neste caminho, nosso para sempre herói Ash aparece e, no final das contas, o faz perceber que nem todos são daquele jeito, que existem humanos que gostam de fazer amizade com seus Pokémon e só querem um mundo melhor. E esse “acordar” do Mewtwo não poderia ter vindo de forma mais bonita. Quem que quando assistiu ao filme no cinema, há quase 20 anos, não chorou no momento em que Ash vira pedra e o Pikachu tenta fazer ele voltar à vida? Um momento totalmente marcante para qualquer um que pelo menos viu uma única vez o longa.

Outros momentos ótimos também fazem parte do filme, como as Pokébolas Clone perseguindo todos os Pokémon e os capturando ou a primeira luta, quando Ash e um treinador batalham e a música de abertura do anime clássico começa a tocar. São diversos momentos épicos durante todo este longa. E ele se encerra dando uma lição de moral, como todo filme de Pokémon, com a mensagem de que todos nós podemos enfrentar aquilo que não concordamos, como Pikachu fez quando seu clone começou a bater nele e o mesmo se recusou a lutar.

E para você, esse filme é o melhor da franquia? Qual a lição que tirou dele? Diga nos comentários quais são os que você mais gosta para que possamos trazer nas próximas edições. Nos vemos em breve, até mais!