Blindspot | 3×06 – Adoring Suspect

Blindspot continua sendo bem escrita, porém as coisas ainda estão mornas para a quantidade de plots superinteressantes da temporada. Um deles é o caso da filha de Jane, ou como o Rich a intitulou: Jane Jr. Patterson descobre uma pista sobre a enfermeira que pode ter notícias da garota e entrega o nome justo ao Kurt, que fica todo abalado quando Jane repete mais uma vez que não quer saber o que aconteceu com a criança, pois está muito feliz com sua vida neste momento. Preciso falar que isso é muito novela da Globo pra mim? Pelo amor de Deus, tá na cara que tudo vai rolar em volta da guria – até o Roman está tocando no assunto e a sua irmã querendo pagar de desentendida para gerar conflito dramático lá na frente? Não aguento.

O caso da tatuagem do dia foi até interessante, uma vez que tivemos muitos alívios cômicos com Rich sendo fanboy de um ator medíocre que ajudou o time a recuperar uma arma biológica muito poderosa. Explicando mais detalhadamente: a produtora de filmes do ator é financiada por um terrorista russo mega famoso, do qual só se pode ter notícias através das gravações dos filmes. Logo, Weller pega uma amizade bem bacana com o cara para chegar até o russo.

As cenas de ação nos bastidores foram bem gravadas e todo o plot envolvendo o ator também. Um dos pontos fortes ao meu ver foi justamente as cenas de ação e perseguição, o que tanto amo na série, e mais uma vez Kurt se deparando com um ambiente no qual não pode usar arma de fogo, deixando toda ação de porradaria para si e Jane, que são ótimos em cena, ao meu ver. Sinto falta da Tasha, mas ela está bem melhor pagando de supervisora da CIA no caso das tatuagens de Jane e, claro, na investigação contra Hirst.

A cena final de todo o time junto bem num clima misterioso rendeu uma pequena grande vontade de ver onde tudo isso vai dar. Muito obrigada, Stuart, por morrer tão rápido sob estas circunstâncias. Não vou comentar o joguinho que o Reade fez para cair sua ficha contra a chefe, uma vez que ele agiu como babaca com as amigas. Meu ódio pelo personagem persistirá até sua morte.

Temos que falar ainda sobre o Roman, que está de férias na Espanha e conseguindo se infiltrar na alta sociedade por motivos de… Alguém suspeita do que ele realmente está atrás? Após mandar Weller seguir mais uma tatuagem, eu só suspeito que no fundo ele está esperando o momento certo para reaparecer nos Estados Unidos e atacar o time do FBI. Claro que roubar a identidade falsa de um rico e pegar umas mulheres no meio do caminho estão nos planos dele para um objetivo maior. O problema é que o mistério sobre o moço anda tão grande que pessoalmente eu não sei nem o que pensar. Alguém aí se arrisca?