Lucifer | 3×17 – Let Pinhead Sing!

Ainda com medo de perder Chloe de alguma forma, Lucifer conclui após mais uma sessão com Linda que deve convencer Deus de que todos ao seu redor importam tanto quanto a detetive. O que falha assim que ele tem uma oportunidade de proteger a vida de Decker, claro. Contudo, o caso do dia foi bem interessante, já que mais uma artista famosa tem a vida ameaçada por conta de sua carreira em palco quando os policiais invadem tudo para descobrir quem na verdade está com inveja da cantora pop Axara.

Lucifer se propõe logo a ser o guarda pessoal da cantora, e quando pensamos que é simplesmente por conta de segundas intenções, o dono da Lux se nega a ir para cama com a cantora e realmente começa a tratá-la como uma humana teimosa que não dá valor à vida. Numa conversa e outra, Lucy ainda aprende com sua convidada que a vida vale a pena sim e que deve apreciar sempre o que mais ama. Mas tudo vai por água abaixo para o nosso anjo caído quando Marcus decide também ouvir sermão de Amenadiel (para sair de sua bad pelo ocorrido no episódio anterior) e se propõe a interferir no caminho de Decker e Lucifer.

Claramente isso afeta nosso querido Morningstar, mas o episódio traz momentos melhores, como a cara da Chloe ao ver que o ex-namorado de Axara é uma trans, Ella tentando animar Pierce e o plot da amizade entre Maze e Linda – isso a ser tratado mais para frente. Não poderia deixar de comentar também o lindo momento que foi o dueto de “I Will Survive” entre Lucifer, a quem já tínhamos ouvido divinamente cantar antes na série, e Axara – porque a popstar está cansada de ficar na cobertura da Lux sem poder fazer o que mais ama na vida.

Entre vários suspeitos na investigação, Chloe acaba tendo que esperar só mais um momento para que a tal culpada finalmente apareça na Lux e diga o que realmente a fez tentar assassinar a sua ex-melhor amiga. E a louca foi presa por Dan e Pierce, que estavam no local. Outro ponto forte do episódio foi ver que Lucifer realmente tentou ser mais caridoso com todos ao seu redor, mesmo que tudo fosse para proteger Chloe de algum plano divino. Mais alguém achou isso fofo?

Antes de terminar a review desta semana, temos que comentar sobre Linda e Maze. Se as duas vão formar um casal eu não faço a mínima ideia, porém, pelo que estamos vendo em tela, os roteiristas estão indo por um caminho bem Malhação para mostrar as dificuldades das duas. Colocar o Amenadiel no meio não bastou e jogaram a Charlotte aqui para que ela intermediasse como advogada entre as duas, que mais uma vez estão sendo cabeças duras e agindo realmente como um casal.

Alguém que leu/lê a HQ por favor me esclarece? Estou adorando que personagens como ambas estejam ganhando mais espaço na série, mas peço que não estraguem o que já está bom. A melhor cena, fora o dueto do Lucifer, com toda certeza foi a Maze destruindo o machado que ganhou de presente de reconciliação da Linda só para realçar a maldade e rancor de uma demônio. Mas tenho medo do que possa vir destes plots menores na série, sinceramente.