Scandal | 7×15 – The Noise

Esta semana em Scandal, todo mundo quer ver sangue e todos se dão conta de que precisam de Olivia Pope por perto. Na reta final da série, vemos uma Mellie sedenta pela cabeça de Cyrus e acordando para a vida de vez em relação a Jake, além de termos a sensação de que pelo menos neste fim a série terminará digna de sua grandeza enquanto novelão político. Confira os principais pontos de The Noise.

Cyrus quer mesmo o impeachment de Mellie (qualquer semelhança com a realidade de certo país é mera coincidência) e orquestrou a captura de Charlie para que ele saia como culpado na história do hacker que quase fez o Air Force Two virar bomba. O marido de Quinn está sendo torturado na cadeia e os capangas de Cy só vão parar se ele assinar os papéis que ajudam no processo de impeachment da presidente. Mas Charlie se recusa e Quinn e Olivia se juntam, mesmo com a amizade delas ainda abalada ou quase inexistente, com a QPA e a companhia de Fitz para salvarem Charlie das garras do vice-presidente e suas artimanhas.

Enquanto Olivia está de volta ao seu poder de resolver as coisas ao lado de todos que a esnobaram enquanto ela andava descontrolada, Quinn se encontra com Cyrus, que tenta a todo custo convencê-la de que todo o problema se concentra em sua antiga mentora e usa Charlie para tentar atormentar Quinn. A essa altura do episódio, já que ela mentiu sobre não ter se encontrado com Cyrus, não tem como saber o que se passa na cabeça da personagem.

Já lá na Casa Branca, Fitz tenta convencer Mellie sobre Cyrus querer destruir a presidente e conta tudo a ela, desde o que aconteceu no avião presidencial até o sequestro de Charlie. Mas Mellie está tendo muita dificuldade em acreditar nisso, uma vez que pensa ser tudo um plano de Liv para voltar a ter poder no Salão Oval, e as coisas não vão bem na conversa entre ex-marido e ex-mulher. De volta ao centro de Fitz e Marcus, Liv estabelece que Mellie precisa ser salva das garras de Jake e Cyrus, e Marcus decide conversar com a presidente.

E as coisas esquentam novamente entre Olivia e Quinn, que joga na cara da ex-mentora tudo que Liv fez de ruim durante esta temporada, o que francamente começou a ficar chato vindo de uma personagem que também não é santa. Ninguém em Scandal é, e esse julgamento para cima de Olivia já deveria estar no passado – já está para alguns personagens como Abby e Huck -, mas Quinn continua batendo na mesma tecla e isso causa a saída de Liv do grupo momentaneamente. De volta ao Salão Oval, parece que a conversa com Fitz começou a impactar Mellie, que desconfia de verdade do vice-presidente e pede a Jake que investigue Cyrus. O almirante reluta e debate com ela porque logo percebe que tem dedo de Olivia nessa história, mas acaba por obedecer o comando.

Depois de tantas tensões no episódio, temos uma das melhores cenas da série quando vemos Cyrus começar uma de suas manipulações e mexer com a cabeça de Ballard, que já não é mais o mesmo desde que virou chefe do gabinete. Os roteiristas da série decidiram lembrar da verdadeira personalidade do vice-presidente e deu gosto de ver o quão o personagem é inescrupuloso e sabe disso. Ao que parece, Cy finalmente vai conseguir o que quer.

Outra coisa que os roteiristas lembraram foi do relacionamento entre Mellie e Marcus, que chega até a Casa Branca para convencer de vez a presidente sobre as verdadeiras intenções de Liv e lembrá-la de quem realmente está ao seu lado. O novo sócio de Fitz ainda a faz relembrar que além de Liv ele também estará lá por ela, e tudo isso acontece com Jake observando o Salão Oval. Mas enquanto talvez role um revival romântico entre os dois, temos Liv de volta à antiga OPA e atual QPA, completamente saudosista com seu chapéu branco, finalmente lavando a roupa suja com Quinn do jeito que deve ser: apenas as duas e com muita emoção.

Infelizmente, depois da conversa carregada de emoções, Quinn recebe uma ligação de Cyrus que a deixa aterrorizada e Jake morde a isca do VP indo até Charlie, que é novamente chantageado. Mas dessa vez é B613 contra B613 e o marido de Quinn acaba cedendo, o que resulta nos primeiros passos para a retirada de Mellie da Casa Branca. A presidente logo fica sabendo, após ter passado a noite com Marcus, e vai atrás do almirante querendo respostas, porém Jake já está vendido e a deixa desnorteada.

A guerra está finalmente declarada e Olivia é novamente o comando de Mellie. Sua missão? Matar Cyrus. E nossa reta final está em chamas.

LoGGado

Notícias, Críticas, Reviews e Podcasts descontraídos sobre o mundo das séries, filmes, cinema, TV, música e entretenimento!!