Lucifer | 3×21 – Anything Pierce Can Do I Can Do Better

Lucifer anda precisando ajeitar uns pontos sérios no final desta temporada e este é um daqueles episódios que nos deixam mais encantados com o roteiro pelo fato de nos fazer sentir tanto. Seja umas risadas nervosas pelas poucas cenas cômicas, seja umas batidas de cabeça na parede quando Lucy fica insistindo no erro de seu ego após três anos ouvindo Decker pedir que ele se abrisse. E, sinceramente, acredito que agora já é tarde demais e só Deus mesmo pode acertar as contas sobre a vida infernal que Morningstar está passando na Terra desde que Caim cruzou seu caminho.

Passemos então ao caso do dia, que mais uma vez refletiu o relacionamento entre Lucifer e Chloe de maneiras bem óbvias. Um bailarino matou a estrela de uma peça só para poder dançar com sua amada. Romântico seria se não fosse pelos perrengues por trás do caso quando se descobre que a tal estrela do espetáculo estava trocando os palcos por um reality show e tendo um caso com um senhor já de idade. Perdidos e confusos, Decker e Morningstar só conseguiram entender o fim do caso quando Ella e Dan descobrem que quem estava chantageando o host do reality era o tal bailarino e que o mesmo tentou incriminar o amante de sua colega de trabalho.

No meio de tudo isso, o episódio trouxe o melhor dos anos 1990 em Malhação, já que Pierce e Lucifer ficaram o tempo inteiro disputando o coração de Chloe como se fossem dois cachorrinhos famintos pelo pedaço de carne em cima da bandeja. Mas quando Lucy finalmente desiste e descobre numa conversa com Linda que realmente precisa colocar seus sentimentos para fora, já é um pouco tarde, pois… ALERTA DE SPOILER: Caim pede a mão de Decker em casamento e ela diz que aceita!

Gente, se isso não foi um episódio baseado em nada do que já vimos em novelas brasileiras, me belisca. Sinceramente, Chloe aceitar casar com Marcus – um cara que ela conheceu ontem – é bem desesperador não só para o Lucy, mas também para a detetive, que parece que está bem carente ao meu ver. Outro ponto importante é lembrar que agora que Pierce não tem mais sua marca e pode sim morrer, tudo o que ele quer é viver e envelhecer ao lado de Decker (também uma mortal que ele conheceu ontem praticamente).

Contudo, ainda acredito que tudo isso seja porque Chloe desistiu de acreditar que Lucifer consegue pensar nela e, claro, ainda temos o fator Maze – já que esta confirmou que ainda não desistiu do seu plano de voltar ao inferno. Logo, deve vir mais bombas durante este final de temporada e eu realmente espero que ninguém saia morto desta. Mas se pararmos para pensar, tudo pode ser um plano de Deus para que seu primogênito volte a virar o Rei do Inferno, né mesmo? Nunca se sabe o que anda rolando com os planos de Deus…

P.S.: O que foi Charlotte e Amenadiel tentando espionar Marcus e falhando miseravelmente na missão? Como não amar a personagem da Tricia Helfer? Ainda tivemos o prazer de nos lembrar que foi Deus quem colocou Decker no caminho de Lucifer, então algo deve estar por vir sobre isso, né? Afinal, planos de Deus e etc.